Club de Santa Isabel
o Ivaí

PROJETO MUNDIAL DE ERRADICAÇÃO HEPATITE ZERO

A Secretária Municipal de Saúde de Santa Isabel do Ivaí em parceria com o Rotary Club de Santa Isabel do Ivaí realizou no último sábado dia 24/08/2019 no Município de Santa Isabel do Ivaí, Estado do Paraná o evento Hepatite Zero, onde na ocasião foram realizados além dos testes da Hepatite C, foi feito também os testes de Hepatite B, Sífilis e HIV, e também Coleta de Preventivo.

Postado em 24 de Agosto de 2019

PROJETO MUNDIAL DE ERRADICAÇÃO HEPATITE ZERO

A Secretária Municipal de Saúde de Santa Mônica em parceria com o Rotary Club de Santa Isabel do Ivaí realizou no último sábado dia 17/08/2019 no Município de Santa Mônica, Estado do Paraná o evento Hepatite Zero, onde na ocasião foram realizados além dos testes da Hepatite C, foi feito também os testes de Hepatite B, Sífilis e HIV, e também vacinação contra febre amarela e sarampo.

Postado em 17 de Agosto de 2019

VISITA OFICIAL DO GD EDIO MARTELLO AO ROTARY CLUB DE SANTA ISABEL DO IVAÍ

No dia 26 de Julho de 2019, o Presidente do Rotary Club de Santa Isabel do Ivaí Renato Costa Nunes, juntamente com o Governador Assistente do Grupo 17 Emanuel Pedro Agostinho e os demais companheiros, receberam a ilustre visita do Governador do Distrito 4630 EDIO MARTELLO, Gestão 2019-20.

Postado em 26 de Julho de 2019

SEGUNDA REUNIÃO PRO-FUNDAÇÃO DO ROTARY CLUB DE SÃO PEDRO DO PARANÁ / PORTO RICO

Na noite do dia 10 de Julho de 2019, às 20 horas, no Salão Paroquial da cidade de São Pedro do Paraná, o Rotary Club de Santa Isabel do Ivaí, realizou a segunda reunião pro-fundação do Rotary Club de São Pedro do Paraná / Porto Rico, a ocasião contou com a presença do Ilustre Companheiro Governador 2015/2016 do Distrito 4630, sobre o Lema Rotário “Seja um presente para o mundo”, e atualmente Coordenador Assistente da Fundação Rotária, Renato Tavares, que realizou um bate papo com os participantes sobre a Fundação Rotária.

Postado em 10 de Julho de 2019

“Rotary é serviço e ao mesmo tempo uma escola de cidadania”, afirma pioneiro de Maringá

Uma das prioridades do Rotary é a reversão à queda de associados da organização, que no início deste ano rotário já tem demonstrado excelentes resultados. Só no Distrito 4630, até 02 de agosto tivemos 52 companheiros a mais do que no início da gestão. Antonio Augusto de Assis, 86 anos, formado em Letras, professor aposentado da Universidade Estadual de Maringá, afirma que num tempo em que tantas influências negativas lutam pelo afrouxamento moral, pela desorganização das famílias, pela valorização do egoísmo, é fundamental fortalecer tanto quanto possível as instituições que se dedicam a preservar as grandes virtudes humanas. “O Rotary é um lugar onde as famílias (pais, mães, filhos, netos e outros parentes e amigos) se reúnem semanalmente para desenvolver bons hábitos de convivência, cultivar o companheirismo, crescer juntas e servir gratuitamente a sociedade através de várias formas de trabalho comunitário, sobretudo através de bons exemplos.  Rotary é serviço, e ao mesmo tempo é uma escola de ética, fraternidade, altruísmo, responsabilidade social. Uma escola de cidadania”, afirma o rotariano sócio honorário do Rotary Club de Maringá Aeroporto. Segundo ele, o Rotary é uma dessas instituições e sua ação começa no lar de cada rotariano. Na medida em que se formam crianças e jovens em um ambiente exemplar, cresce a esperança de que o mundo, apesar de tantas ameaças, tem ainda condição de tornar realidade a civilização do amor, da justiça e da paz. Rotariano desde 1966, inicialmente no Rotary Club de Maringá, Assis destaca que sua família se formou cultivando e procurando pôr em prática os grandes ideais rotarianos. “Tinha 33 anos quando ingressei em Rotary. Casado com Lucilla, tínhamos duas filhas ainda crianças. O Rotary foi muito importante na minha vida, em todos os aspectos, não só por me proporcionar um círculo de amizades de altíssimo nível, como também pela oportunidade que me deu para fortalecer e aprimorar minhas convicções éticas, cívicas e espirituais”. Seu neto João Marcos de Assis Miguel é o atual presidente do Rotary Club de Maringá Norte, uma demonstração de que é possível transmitir Rotary de geração em geração. Quando se tornou rotariano, a cidade de Maringá tinha apenas 19 anos e só existia um Rotary e um Lions. “Os dois clubes de serviços congregavam os principais líderes da geração pioneira e exerceram influência muito significativa na formação da sociedade maringaense. Até então, ninguém era íntimo de ninguém, visto que cada um veio de um lugar diferente. Os clubes de serviços ajudaram os pioneiros a se conhecerem melhor e a se tornarem ótimos amigos uns dos outros. Com isso foi possível unir forças e proporcionar preciosos serviços à comunidade”, relembra. Larissa Nakao Comunicação Corporativa

Postado em 20 de Setembro de 2019

GAs em Ação - Emanuel Pedro Agostinho – Grupo 17: Loanda, Planaltina do Paraná, Santa Cruz de Monte Castelo e Santa Isabel do Ivaí

Quando o resultado se sobressai ao tempo de vivência em Rotary, associado como o governador assistente Emanuel não passaria despercebido pelo governador Edio Martello, que convocou o empresário Emanuel Pedro Agostinho, do Rotary Club de Santa Isabel do Ivaí, para ser GA do grupo 17, com apenas três anos e meio de Rotary. Nesse período ele foi presidente de DQA, da Fundação Rotária e presidente de clube em 2018-19. “Quando o governador Edio me fez o convite, eu pedi 15 dias para dar a resposta, não esperava. Como tenho uma empresa de consultoria ambiental e segurança do trabalho, tive que avaliar se teria condições de atender ao chamado do governador. Vontade não me faltou, então me organizei com meu sócio e minha família para estar focado nessa missão”, comenta Emanuel. Empolgado, ele ressalva que tem trabalho em conjunto com o coordenador distrital de Desenvolvimento do Quadro Associativo, Natanael de Souza e o colégio de governadores, para formar nos próximos meses o Rotary Club São Pedro do Paraná/Porto Rico. Cinco reuniões já foram realizadas e a cada uma delas, um governador tem contribuído com sua experiência para falar aos possíveis rotarianos sobre a dimensão do Rotary. “Em uma reunião, por exemplo, trouxemos o governador 2015-16 Renato Tavares para falar sobre a Fundação Rotária, como os projetos são realizados. Foi sensacional mostrar a dinâmica de como tudo funciona. Teve também o governador 2018-19 Carlos Naves que falou sobre as áreas de enfoque do Rotary. Estamos confiantes de que teremos um novo Rotary Club em breve, as pessoas estão bem empolgadas e interessadas em se juntar conosco para servir à comunidade”.    Larissa Nakao  Comunicação Corporativa

Postado em 17 de Setembro de 2019

Ver todos

“Rotary é serviço e ao mesmo tempo uma escola de cidadania”, afirma pioneiro de Maringá

Uma das prioridades do Rotary é a reversão à queda de associados da organização, que no início deste ano rotário já tem demonstrado excelentes resultados. Só no Distrito 4630, até 02 de agosto tivemos 52 companheiros a mais do que no início da gestão. Antonio Augusto de Assis, 86 anos, formado em Letras, professor aposentado da Universidade Estadual de Maringá, afirma que num tempo em que tantas influências negativas lutam pelo afrouxamento moral, pela desorganização das famílias, pela valorização do egoísmo, é fundamental fortalecer tanto quanto possível as instituições que se dedicam a preservar as grandes virtudes humanas. “O Rotary é um lugar onde as famílias (pais, mães, filhos, netos e outros parentes e amigos) se reúnem semanalmente para desenvolver bons hábitos de convivência, cultivar o companheirismo, crescer juntas e servir gratuitamente a sociedade através de várias formas de trabalho comunitário, sobretudo através de bons exemplos.  Rotary é serviço, e ao mesmo tempo é uma escola de ética, fraternidade, altruísmo, responsabilidade social. Uma escola de cidadania”, afirma o rotariano sócio honorário do Rotary Club de Maringá Aeroporto. Segundo ele, o Rotary é uma dessas instituições e sua ação começa no lar de cada rotariano. Na medida em que se formam crianças e jovens em um ambiente exemplar, cresce a esperança de que o mundo, apesar de tantas ameaças, tem ainda condição de tornar realidade a civilização do amor, da justiça e da paz. Rotariano desde 1966, inicialmente no Rotary Club de Maringá, Assis destaca que sua família se formou cultivando e procurando pôr em prática os grandes ideais rotarianos. “Tinha 33 anos quando ingressei em Rotary. Casado com Lucilla, tínhamos duas filhas ainda crianças. O Rotary foi muito importante na minha vida, em todos os aspectos, não só por me proporcionar um círculo de amizades de altíssimo nível, como também pela oportunidade que me deu para fortalecer e aprimorar minhas convicções éticas, cívicas e espirituais”. Seu neto João Marcos de Assis Miguel é o atual presidente do Rotary Club de Maringá Norte, uma demonstração de que é possível transmitir Rotary de geração em geração. Quando se tornou rotariano, a cidade de Maringá tinha apenas 19 anos e só existia um Rotary e um Lions. “Os dois clubes de serviços congregavam os principais líderes da geração pioneira e exerceram influência muito significativa na formação da sociedade maringaense. Até então, ninguém era íntimo de ninguém, visto que cada um veio de um lugar diferente. Os clubes de serviços ajudaram os pioneiros a se conhecerem melhor e a se tornarem ótimos amigos uns dos outros. Com isso foi possível unir forças e proporcionar preciosos serviços à comunidade”, relembra. Larissa Nakao Comunicação Corporativa

Em 20/09/2019

Palestra de FERNANDO MENOLLI da XP INVESTIMENTOS no Rotary Club de Maringá Kakogawa, com a presença de companheiros do Rotary club de Maringá Horto e Maringá Sul. Parábens ao Rotary Club de Maringá Kakogawa pela iniciativa.

PALESTRA  com  FERNANDO MENLOLLI   da  XP INVESTIMENTOS,  realizada no dia 19/09/2019, na reunião do Rotary Club de Maringá Kakogawa, com a presença de companheiros do Rotary Club de Maringá Horto e Maringá Sul. 

Em 19/09/2019 por Rotary Club de Maringa-Horto

GAs em Ação - Emanuel Pedro Agostinho – Grupo 17: Loanda, Planaltina do Paraná, Santa Cruz de Monte Castelo e Santa Isabel do Ivaí

Quando o resultado se sobressai ao tempo de vivência em Rotary, associado como o governador assistente Emanuel não passaria despercebido pelo governador Edio Martello, que convocou o empresário Emanuel Pedro Agostinho, do Rotary Club de Santa Isabel do Ivaí, para ser GA do grupo 17, com apenas três anos e meio de Rotary. Nesse período ele foi presidente de DQA, da Fundação Rotária e presidente de clube em 2018-19. “Quando o governador Edio me fez o convite, eu pedi 15 dias para dar a resposta, não esperava. Como tenho uma empresa de consultoria ambiental e segurança do trabalho, tive que avaliar se teria condições de atender ao chamado do governador. Vontade não me faltou, então me organizei com meu sócio e minha família para estar focado nessa missão”, comenta Emanuel. Empolgado, ele ressalva que tem trabalho em conjunto com o coordenador distrital de Desenvolvimento do Quadro Associativo, Natanael de Souza e o colégio de governadores, para formar nos próximos meses o Rotary Club São Pedro do Paraná/Porto Rico. Cinco reuniões já foram realizadas e a cada uma delas, um governador tem contribuído com sua experiência para falar aos possíveis rotarianos sobre a dimensão do Rotary. “Em uma reunião, por exemplo, trouxemos o governador 2015-16 Renato Tavares para falar sobre a Fundação Rotária, como os projetos são realizados. Foi sensacional mostrar a dinâmica de como tudo funciona. Teve também o governador 2018-19 Carlos Naves que falou sobre as áreas de enfoque do Rotary. Estamos confiantes de que teremos um novo Rotary Club em breve, as pessoas estão bem empolgadas e interessadas em se juntar conosco para servir à comunidade”.    Larissa Nakao  Comunicação Corporativa

Em 17/09/2019

RC Satélite de Rancho Alegre D'Oeste realizou coleta de lixo eletrônico

O Rotary Club Satélite de Rancho Alegre do Oeste realizou na manhã de sábado, 14, a 1ª coleta de Lixo Eletrônico, visando dar a destinação correta a este tipo de material, buscando a preservação do meio-ambiente. A coleta de lixo eletrônico contou com a parceria da Prefeitura Municipal e Sicredi, e foi um grande sucesso. Ao final, houve o sorteio de uma caderneta de poupança Sicredi no valor de R$ 150,00 entre as pessoas que descartaram seus lixos eletrônicos durante a campanha. Também houve apresentações culturais.O Rotary Club de Rancho Alegre do Oeste será oficializado no próximo dia 5 de outubro, mas já realiza muitas ações na comunidade e tem outras atividades agendadas para os próximos meses.O presidente do Rotary Club de Rancho Alegre, Sebastião Polato, destacou o sucesso da campanha de coleta de lixo eletrônico e agradeceu a todos que se envolveram na organização e também participaram do evento.A prefeita Suely Alves Pereira da Silva, que acompanhou a realização do evento, parabenizou ao Rotary pela iniciativa e também agradeceu a todos pelo envolvimento nesta ação na comunidade.  Fonte: Goionews  

Em 16/09/2019 por Rotary Club de Goioerê

Reuniões Segundas-Feiras | 20:00
Rua Princesa Isabel,772 Cep: 87910-000